Ikoku Meiro no Croisée - 03

Claude e suas idéias sobre o Japão...

Como no episódio passado Yune aprendeu sobre a cultura francesa - comida, lugares, nomes - estava na hora de Claude aprender um pouco sobre a cultura japonesa. Sua imaginação ganhou asas nas primeiras cenas do episódio, onde Yune e Oscar contam algumas coisas sobre o Japão. Claude imaginar que o país é cheio de Yunes ou como é o sumo rendeu algumas risadas minhas.
Mas a principal trama desse episódio é o fato de Claude não conseguir fazer uma placa para uma loja de música, mesmo tentando várias vezes. Ele até pegou um pandeiro para retirar idéias. Porém, Yune foi a salvadora do dia. Em um momento, Claude pega-a escrevendo uma carta para sua irmã, e o jovem fica interessado com a escrita tão peculiar japonesa. Eram apenas desenhos, oras. Como poderiam ser letras? Um pensamento bem ocidental. Yune escreve seu nome e mostra que cada kanji tem seu significado: "Yu" significa água quente e "ne" significa som.
Vendo isso, Claude tem a brilhante idéia de usar o kanji que significa "som" do nome de Yune para fazer a placa, correndo o risco do cliente não gostar e recusar. Felizmente, ele aceita.

Em certo momento, Claude havia comentado como o papel que ela escrevia não era o certo para cartas, então, Yune, para não causar "problemas financeiros" a ele, diz que o que ela escrevia não era uma carta. Tudo isso por que o papel de carta era muito caro. Após receber o pagamento pela placa, Claude decide dar um presente a Yune, já que graças a ela a placa fora aceita. O presente? Papel de carta. A cena dele na loja foi  fofa, pois ele não sabia qual papel era mais adequado para meninas e teve que pedir ajuda a atendente. Era para ser uma surpresa o presente, porém, Oscar acaba contando para Yune, que desesperada - por que não queria causar problemas financeiros - vai em busca de Claude, mesmo no meio da chuva. Essa cena foi a minha favorita do episódio. A pequena Yune correndo com aqueles sapatos de madeira, na chuva, escondendo-se no guarda-chuva em busca de Claude e os olhares das pessoas, e quando ela e Claude encontram-se, o sorriso dela foi muito, muito fofo. Se eu fosse ele, meu coração teria derretido... Ou será que isso não ocorreu com ele?

Outro destaque deste episódio foi a introdução da personagem Alice, a jovem riquinha da família que é dona da Galeria e praticamente da cidade inteira. Ela será taxada como chata e irritante por muitos, eu sei, mas confesso que fiquei interessada, apesar de sua voz as vezes ficar bem, bem irritante.

Classificação: *** - Excelente -

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

About Me

Minha foto
Rah
Apenas alguém que gosta de escrever suas opiniões.
Visualizar meu perfil completo

About this blog

Quer ler sobre anime, mangá, doramas (coreanos e japoneses), kpop/krock/jpop/jpop, entre outras coisas? O Special Days é um blog onde a cultura japonesa, coreana e devaneios da autora Rah Walker se encontram para lhe proporcionar momentos especiais e/ou uma boa leitura!

Espero que goste do blog e tenha uma boa leitura!

Parceria

Está querendo fazer parceria com o blog Special Days? Envie um e-mail para rahwalker007@gmail.com com seu nome e endereço do blog!

Estou Assistindo (Animes)

  • Free! - 01/12
  • Kuroko no Basket - 02/25
  • Tonari no Kaibutsu-kun - 06/13

Archive